Amor

+ Ver comentários

Gostaria de escrever um pouco sobre algumas reflexões que venho fazendo ao longo dos tempos, uma delas, sobre o amor. ;)

Concepções e ideias que aprimorei, as quais aprendi amando e com quem amo, e que assim acredito que hei de aprender e agregar muito mais ainda! ;D

Sei que é muito clichê
perguntar o que é amor,
não porque ninguém tem resposta exata,
mas sim porque é muito abstrato e amplo ao meu ver.
Une uma base na amizade, no companheirismo,
na dedicação, na compreensão...
São inúmeros sentimentos envolvidos!
Mas algo inegável, é a felicidade que ocorre como se fosse uma
conseqüência de tudo isso.

Talvez possamos ter uma linha de pensamento, em que a idéia, seria a qual só encontramos felicidade quando encontramos amor, não falo apenas no amor em relacionamentos, mas o amor, que sentimos por realizarmos algo, quando ajudamos uma pessoa, é você conseguir ver que fez alguém feliz, quando realizamos um projeto, no qual dedicamos muito amor, o amor não pelas coisas materiais, mas pelas realizações que poderemos fazer. Ser útil, fazer o bem, tudo isso nos traz felicidade, amor, inclusive a nós mesmos.

Como podemos discutir o que é certo e o que é errado quando se trata de amor? é uma mania muito feia querer julgar as coisas... :S

Porque aliás, como poderemos julgar o amor de alguém?
Como podemos dizer se isso é natural ou não?
Algumas vezes reparo em namoros conseqüentes de estágio de carência (motivo do apego), pela necessidade de estar com alguém, pelo medo de ficar sozinho, e todos os outros derivados...

Creio que não é por esse caminho que se constrói um bons relacionamentos, pois antes de estarmos bem com alguém, devemos em primeiro lugar estarmos bem conosco próprio, tendo nossa vida, amigos, individualidade.

Porque afinal, não podemos deixar de lado nossas experiências que você precisamos ter, a necessidade de aprender, evoluir. E o valor do amor... É não banalizá-lo, é não achar que ele é algo que não se deve respeito, respeito pelo sentimento, não importa de quem venha e nem como venha, respeito pela pessoa que o sente, respeito por você mesmo. Respeito que modera fatos como privacidade e cumplicidade,ou seja,a partir daí também deve-se existir a confiança no outro e,principalmente em si mesmo.Amar é acreditar no amor, amar para ser amado,sem esperar um retorno ("ah eu te amo também!"),amando sempre e assim acredito que se institui o amorpraticamente incondicional, de verdade, para cada um de nós.

Independente de tempo, espaço e todos os outros poréns...

E esse tipo de segurança é bem legal, é a certeza que o seu companheiro está do seu lado, mesmo estando distante...

E digo companheiro (a), e não apenas um (a) “namorado (a)”. ;)

Mudando um pouquinho o rumo do assunto, acabei encontrando uma frase ao acaso pela internet e considerei muito "engraçada"!

Cada um tem a sua etapa na vida, crescemos com a sensação de que para tudo existe uma época na vida, como se fossem os anos escolares, se estamos na 8º série é porque provavelmente temos uns 14 anos, e se temos uns 25 anos, é porque provavelmente estamos na época de se casar...

Quem foi que inventou essas regras? 25 anos para casar?!?!?! hahahaPo, já era! Sou uma exceção geral, então... Humm... Entrei na minha 8ª série com 12, para começo de história... ;P

Ai ai! O importante é que sempre suas escolhas sejam baseadas na sua vontade e não na crença de que sua vida mudará e você passará a ser feliz, a vida muda com pequenas escolhas, no dia a dia e não com grandes mudanças, isso é ilusão, e jamais dependa de algo ou alguém para se feliz, a sua felicidade, só você mesmo poderá fazer.

Outro ponto interessante é que não há um termômetro do amor, ou termômetro da idade certa e tempo certo... Pode parecer piegas, mas vou utilizar a frase " Tudo tem seu tempo certo", porque realmente acredito nisso. Idade, tempo de namoro, isso tudo é banal. O amor não tem hora pra chegar, nem precisa ser cobrado ou pressionado, simples assim. Acredito que tudo isso se individualiza em cada situação, mas que no fundo, só que sente para saber. Porque olhando de fora, trás julgamentos errados.

Só nosso coração e o do nosso companheiro pode ter essa resposta. E com certeza sabe-se quando essa hora chega, sem pressão, sem idade certa, e se transforma em apenas uma continuidade em sua vida. Naturalmente, e sem dúvida nenhuma. "When you love, I can feel your love" ... ;))

É algo mútuo. E também acredito que sexo não é amor, e sim conseqüência de um amor, e aprendendo isso, sentimos muito mais prazer, e não digo físico, mas sim, o prazer que um amor verdadeiro pode trazer. Traduz-se em carinho. Talvez descobrindo várias coisas além destas que não são amor, podemos chegar perto do que seja um verdadeiro amor, a definição é claro, pois o amor, só depende de nós.

Amar é ter vontade de gritar "eu te amo" no meio da rua, é uma explosão no peito que te força justamente a dizer "eu te amo". Mesmo que essa palavrinha, amor, esteja tão mal-falada, tão 'banalizada', ela ainda é a expressão máxima do que é viver, do que é sentir, justamente porque não se sabe que é viver, que é sentir. Acaba que o amor é o máximo que podemos almejar durante a vida, e também é o básico.

;))))))


You know my soul
You know everything about me there's to know
You know my heart
How to make me stop and how to make me go
You should know I love everything about you, don't you know?
That I'm thankful
For the blessing
And the lessons that I've learned with you
By my sideThat I'm thankful so thankful for the love
That you keep bringing in my life... ;)You know my thoughts
Before I open up my mouth and try to speak
You know my dreamsI hope you know
I love having you around me, don't you know? When I'm down you always know how to make me smile
Thankful for the moments and the joy that your bringing to my life...
;D

Observação sobre esta postagem - Sabe que sempre achei exagero essas coisas, né? E geralmente é, geralmente vejo tanto sentimento banalizado por aí...

Mas bem, "não julgues não julgues não julgues..." Só sei que eu, digo cada palavra minha com a maior satisfação, e felicidade também por sentir algo tão bom! Mas sério, aquele pessoal das fotos dos beijos "vou te engolir", do "eu te amo para sempre, para toda minha vida e pa pa pa" (e o engraçadinho é que isso não dura meses), para mim, bem como meu amor já me disse, demonstram tamanha insegurança no relacionamento e como se isso fosse suprir... Oo

Praticamente sem noção isso :P

Mas assim... Esse negócio do "Forever"... Eu sou mais em pensar em um "Everytime" hein ;P

E que o everytime possa ser o mais duradouro e até mesmo especial do que o forever, quem sabe...

Porque acredito eu, que esse sim pode ser repleto dos bons sentimentos que devemos cultivar, a cada instante, momento, everytime :P

Beijos apaixonados para o meu amor ;) ;*

Aproveita que é só de vez em quando, que eu estou praticamente "melosa" assim ;P