Norberto Bobbio

+ Ver comentários
As obras de Norberto Bobbio me atraem cada vez mais pelo pensamento político que ele expõe. A princípio, conheci ele pelo tão completo Dicionário de Política e a partir disso, fui procurando vários livros dele que me pareciam interessantes por abordarem assuntos que estou descobrindo gostar muito, como democracia, cidadania e ideologias - abrangendo muitos aspectos da filosofia e da ciência política, bem como são relacionados ao Direito.

Nesse semestre, pois então, li A Era Dos Direitos; Direito e Poder; Ideologias e o Poder em Crise; Problema da Guerra e as Vias da Paz; Teoria Geral da Política; Estado, Governo e Sociedade; De Hobbes a Marx; Direito e Estado no pensamento de Kant; e Positivismo Jurídico.
Assim, Bobbio se mostra um pensador liberal que observa no jusnaturalismo o início de uma fase da história mundial fundada sobre o ideal de liberdade e que advoga o casamento entre liberalismo e democracia no Estado de direito como um antídoto contra o neoliberalismo do Estado mínimo; um pensador que aponta as promessas não cumpridas pela democracia e defende a ampliação permanente de nossa atual era dos direitos: um pensador socialista que continua a perceber a distinção ideológica entre esquerda (igualitários) e direita (individualistas) e que propõe aos primeiros uma via moderada ao socialismo, entendia como sendo um sinônimo de via democrática; e um pensador socialista liberal que advoga uma nova síntese política que valorize tanto a luta por igualidade social, como a luta pelas liberdades individuais, ambas com vistas à formação de uma sociedade cada vez mais democrática e pluralista.
Exige-se, concomitantemente, o Estado de direito, o Estado democrático e o Estado de liberdade.

"A democracia, devemos admitir, superou o desafio do comunismo histórico. Mas de que meios e ideais dispõe para enfrentar os mesmos probemas que deram origem ao desafio comunista?"

E, no momento, me identifico bastante com essa linha de pensamento =)