458 anos de Vitória

+ Ver comentários




Sempre quis escrever um pouco sobre a cidade que vivo e que considero uma das melhores para se viver (comprovado na qualidade de vida e no PIB, haha), especialmente quando volto de viagens - onde sinto tanta saudade daqui, da brisa úmida, dos ventos resfrescantes, da cidade bonita e plana, com uma praia sempre ali para embelezar. Além do mais, nossa ilha tem vários encantos e é um ambiente muito agradável de se viver, mesmo não sendo tão desenvolvida quanto deveria e ter muitas faltas a superar. Que os anos possam trazer cada vez mais aspectos positivos para nossa cidade!

Um poema para ilustrar os prazeres de nossa cidade:

"Vitória,
da Praça Oito
onde sentada num banco
com um sorriso no rosto
vejo o tempo passar
e abraçar esta cidade do amanhã.

Da Ilha das Caieiras
da moqueca verdadeira
das desfiadeiras (e casquinha de siri, e torta capixaba!)
do passeio de Escuna pela Rota do Manguezal (ainda quero fazer esse passeio!)
do Mirante da Fonte Grande
dos amantes de praia e sol.

Da Curva Da Jurema
recanto de cena de cinema
com seus quiosques que convidam
para uma deliciosa comida
que eu aprecio com a água do mar
feito poema beijando os meus pés.

Vitória,
Ilha do Mel
entre o mar e a montanha
céu que enlaça todas as crenças e raças
da Igreja do Rosário
da Catedral de Vitória
do Santuário de Santo Antônio
do olhar de Iemanjá sob o mar de Camburi.

Da fama das madrugadas na Rua da Lama
do Parque Da Pedra Da Cebola
do Parque Moscoso e fotos no lambe-lambe (hm?!)
da Praça Do Desejo
da beleza da Pedra Do Penedo
do agito gostoso do Triângulo das Bermudas (haha)
do trabalho bonito das Paneleiras de Goiabeiras
do comércio tradicional da Vila Rubim.

Enfim, de um povo ordeiro
hospitaleiro
e como todo brasileiro
verdadeiro cidadão do Mundo."

Roberto Pereira


E, só para constar, como mamãe bem disse, a tempo do aniversário da cidade, a nova Ponte da Passagem foi inaugurada...