Pais

+ Ver comentários
Acho que quando dois indivíduos estão dipostos formar uma família, talvez eles não tenham consciência da tamanha estabilidade necessária para se transpassar os melhores valores para um novo ser ao mundo, com base no amor, união e felicidade. Ter um filho não é uma simples responsabilidade referente a si próprio, é muito mais do que isso: você é responsável pela vida do outro. Deve estar presente na formação dessa criança para ser parte do melhor crescimento dela, e não simplesmente ser um figurante. Mais do que isso, cuidar de um criança requer elementos que muitas pessoas não tem em si, e portanto, erroneamente se omitem da vida criança ou transmitem má-influências. Em ambos os casos, quem sofre é a criança. Com seus traumas, com seu crescimento alterado, com sua independência forçosa. Não é mais tão simples ser criança. Ainda sim, cada ser humano tem a capacidade de aprender com as situações e superá-las. Não é fácil, mas nem todos tem uma infância cor de rosa. De qualquer maneira, boas lições são extraídas até das piores experiências de forma que se percebe a vida e a responsabilidade sobre ela de outra maneira. Mesmo sendo ainda crianças, a responsabilidade paternal desolada cai sobre o filho e este deve saber lidar com ela para o seu próprio bem. Merecem um feliz dia das crianças, porque nestas 'crianças' há o compromisso e a esperança de construírem um futuro diferente, sendo pais conscientes em prol da integridade e felicidade de seus filhos, e assim poderem sonhar um com uma sociedade melhor.