Feliz hoje e sempre

+ Ver comentários
DSCN3870

Na ocasião de mais um dia dos namorados, não custa repetir que o que importa é a construção dinâmica de um dia feliz após o outro. Não custa ressaltar que tenho o melhor homem do meu lado e que preciso agradecer a cada instante por esse presente de todos os dias. É muito mais do que eu mereço! Como ele me aguenta até hoje?! :P

No mais, na simbologia do dia dos namorados, cabe uma reflexão do Alex Castro sobre os dogmas da sociedade:

a sociedade nos enfia muitos dogmas na cabeça. que só podemos amar uma pessoa. que quem ama sente ciúmes.

ou que as relações têm que sempre andar pra algum lugar, avançar, atingir metas, “evoluir”.

quando me sinto amando muito, às vezes tenho esses rompantes de “levar o relacionamento para a próxima etapa”.

mas essa ânsia não resiste a três segundos de reflexão.

afinal, quais são essas metas? morar junto, noivar, casar, ter o primeiro filho, comprar uma casa?

nem eu nem ela queremos nada disso. nada disso nos parece minimamente desejável.

confesso que ainda tenho dentro de mim essa vontade súbita de “ir a algum lugar com o relacionamento”, mas, quando olho pra frente, não existe nenhum lugar para onde eu queira ir.

já estou no melhor lugar onde poderia estar.

só não esqueça do seguinte:

a pessoa interessante que você tanto busca também está buscando por uma pessoa interessante.

encontrá-la é só o começo do desafio: mantê-la interessada é que são elas.

será que você é a pessoa dos sonhos da pessoa dos seus sonhos?