Paradoxo do querer

+ Ver comentários
Esse é mais um post curtinho e no impulso. Uma indagação que me deixa perplexa é que muito do que acreditamos está calcado no pilar do querer - ter. É o pensamento de que só podemos conseguir algo se quisermos muito, se acreditarmos o máximo possível e, consequentemente, fazermos o melhor para alcançar o que almejamos. Mas por vezes observo que certas coisas dão certo sem nem esperarmos muito daquilo - talvez justamente em razão das baixas expectativas. Mas aí qual é a proporção entre aqueles desesperados em querer algo x aqueles que conseguem "sem querer querendo"? Será que determinadas coisas aparecem mais fácil no caminho de alguém que despretensiosamente está por ali? E aqueles que, nesse caminho, estavam procurando, procurando, procurando e por vezes nunca acham? Não tenho resposta para esse paradoxo, mas gosto do contraponto.