A voz da Pequena Infante

+ Ver comentários
The more you understand what inspires you, the more readily you can put yourself in its path

Todos nós carregamos um campo de afinidades e oposições em si.

A proposta deste blog é refletir sobre as paixões da vida, que movem desde um grande âmbito, como o ímpeto de nossos conhecimentos, até os mínimos preciosos detalhes de nossa rotina; é expor inspirações com o intuito de envolver o leitor em uma jornada de crescimento pessoal.

Assim, a Pequena Infante tenta, pela palavra escrita, expressar alegrias e sonhos de viver, por meio de inúmeras divagações, pensamentos e opiniões. Age como Sheherazade: uma personagem que se coloca sempre como ela-mesmo, uma narradora que lida com o lúdico, com o prazer de contar histórias e de registrar memórias de sua realidade. Procura a humanização do homem, questionando-se sobre as origens, o tempo, a eternidade, o infinito, o transcendente. Além disso, articula questões da composição do mundo pelo reflexo da essência social do homem e da sua peculiaridade individual, filosofando para repensar sobre "o mesmo velho homem de sempre" com suas hesitações e angústias. Almeja-se uma reflexão em prol de mostrar um caminho à Realização Individual e Social, e principalmente, ao bem-estar no caminho de uma vida com intuito de sempre estar melhor, ou seja, realizar-se em plenitude. Aprecia-se, também, a felicidade e a beleza em cada instante da realidade em que vivemos; e a curiosidade de indagar mistérios para descobrir e aprimorar o rumo da prosperidade.

Ademais, o universo da escrita é um complexo de intertextualidade e intratextualidade - este é um lugar específico sob o viés da Pequena Infante, mas é onde há encontro e diálogo de concepções e filosofias; uma multiplicidade e diversidade de origens da sabedoria.

É um espaço onde as palavras proporcionam explorar interesses e compartilhar com interessados!

Eis a aspiração da voz da Pequena Infante.